19 de Junho de 2021
Ribeirão Preto - SP
NEVOA HARD
NEVOA HARD
São Paulo - SP São Paulo - SP
RAFAEL LEAL BOMFIM

NEVOA HARD

Biografia

Névoa Hard é uma banda de Hard Rock e Heavy Metal da zona sul de São Paulo, formada por King Leo (vocal), Rafahell (guitarra), Leandro Frugis (baixo) e Pig (bateria).
Tudo começou em 2006 quando os amigos Filipe (guitarra), Leandro Frugis (baixo), Alex (guitarra), Ivan (vocal) e Gieslei (bateria) se uniram e montaram uma banda cover de Metallica, a Hate Crew!
Em 2007 Ivan e Alex deixaram o grupo que optou por seguir com uma única guitarra e convidar King Leo para o posto de vocalista.
Com a nova formação os amigos decidiram incluir outras bandas no repertório como Skid Row e Guns n’ Roses valorizando a potencia vocal de King Leo, o qual sugeriu um novo nome à trupe e assim nascia a Névoa Hard!
Por motivos de divergências Gieslei deixou a Névoa.
Para ocupar a vaga em aberto King Leo convidou Pig, um antigo amigo com quem havia tocado na banda de metal Protheus, o qual recusou o primeiro convite pois estava tocando nas bandas Les Impossibles e The Berries (The Cranberies Tribute).
Após alguns meses o convite é refeito e dessa vez Pig assume as baquetas da Névoa Hard.
Desde essa época o Heavy Metal esteve fortemente presente no repertório do grupo, através de bandas como Iron Maiden, Judas Priest, Black Sabbath, além da já citada Metallica entre outras clássicas.
Durante os anos de 2007 e 2008 a Névoa se espalhou ferozmente pela cidade de São Paulo, tocando em vários lugares da zona sul, norte, leste e oeste, sempre com shows energéticos e muita dedicação em suas releituras dos clássicos do Rock!
No inicio de 2009, Fernandinho toma o lugar de Pig que decidiu se ausentar.
Essa nova formação dura alguns shows e Pig volta a tocar com os velhos companheiros de estrada, porém ainda em 2009 a banda decide finalizar suas atividades.
Filipe remontou a Hate Crew e voltou a tocar Metallica que contou durante um tempo com a participação de Leandro Frugis, porém o projeto vingou por poucos meses
Frugis passou a ser um musico requisitado e tocou em muitas outras bandas como Cabeças Enfumaçadas, Inflama e Dienpax (Tributo Raul Seixas).
King Leo entrou em um hiato musical se mantendo distante dos palcos.
Pig além de continuar com suas outras bandas participou da uma das formações da icônica banda Reality Visions e nessa época conheceu o guitarrista Rafahell (ex-Inner Strenght - Pantera Cover)
A parceria musical de Rafahell e Pig resultou em trabalhos autorais voltados para o Thrash Metal gerando o embrião de bandas como Territory Agression (em 2008) e Shadowar (em 2015), nesta última, a dupla encontrou muita dificuldade para encontrar baixista e vocalista para o tipo de som que desejam fazer.
Após muito entra e sai de músicos a Shadowar se manteve com Rafahell, Pig e Arthur Neves no vocal e o trio convidou Leandro Frugis para segurar o baixo.
Com a entrada de Leandro o Heavy começou a tomar espaço do Thrash e Arthur decidiu deixar os companheiros.
Chegamos em 2017 e King Leo foi recrutado para assumir os vocais da Shadowar e naturalmente o Thrash foi deixado lado e o grupo decidiu rebatizar a banda e assim renascia a Névoa Hard!
Para incrementar ainda mais o som, foi convidado para segunda guitarra e vocal o eclético Kikiu, que já havia tocado nas bandas Les Impossibles, The Berries, Inner Strenght, Reality Visions.
Agora como um quinteto, a nova e atual formação da Névoa Hard está mais elétrica e feroz, mesclando a energia do Hard Rock e o peso do Metal com as raízes thrasher de Rahahell, a potente voz de King Leo, os timbres trovejantes de Leandro Frugis, a voz eclética e a guitarra melódica de Kikiu, tudo encorpado a bateria pulsante de Pig.
Os anos que se passaram ajudaram a consolidar a evolução musical de todos os envolvidos, resultando em um som cada vez mais pesado, harmônico, melódico, agressivo e com apresentações altamente contagiantes!
Em junho/2018 por motivo de discordâncias Kikiu é afastado da banda.
No segundo semestre do mesmo ano, o quarteto remanescente inicia uma nova fase da banda, a de composições autorais!

Comentários