15 de Junho de 2019
Ribeirão Preto - SP

Blog

A primeira vez a gente nunca esquece

A primeira vez a gente nunca esquece

A cada ano, com o seu concurso de bandas, o João Rock se renova e apresenta o que tem de novo no cenário nacional do rock e seus ritmos parceiros. E em 2019 não poderia ser diferente. Com 624 bandas e artistas de todo o país inscritos, o concurso percorreu suas diversas etapas, da votação on-line às palestras, da semifinal até chegar à final, que levou a Banda Fuze ao palco João Rock.



(Felipe logo após o anúncio dos vencedores do Concurso de Bandas 2019)

No ano passado, eles já haviam tentado o concurso do João Rock, mas sem passar da primeira fase. Neste ano, com o foco totalmente voltado para cada etapa da competição, as coisas aconteceram. Com a preferência de 1.264 internautas, a Fuze se classificou entre as 20 bandas mais votadas na primeira fase. Depois vieram a seleção para as semifinais, as palestras sobre gestão de carreira, as apresentações para os jurados da semi, no Goa Lounge, e a grande final, no Teatro de Arena, até chegar ao dia 15 de junho, com a responsa de abrir a edição 2019 do João Rock, que neste ano reuniu um público de 65 mil pessoas. Além da Banda Fuze, a galera da Psycoprata saiu do pódio do concurso direto para o palco Fortalecendo a Cena.

(Show na semifinal do Concurso de Bandas - GOA Lounge)

(Show na final do Concurso de Bandas - Teatro de Arena)

(Show no Palco João Rock 2019)

Na entrevista a seguir, Pedro, Felipe, Diogo e Guilherme contam como foi participar do festival e dão a dica: “Se você tem um sonho, simplesmente foca, mira e corre até ele!” 

Quando se inscreveram e começaram a pedir os votos da galera, vocês acreditavam que chegariam ao Palco João Rock?

Diogo - Nós sempre tentamos acreditar em tudo o que começamos a fazer, mas como já tínhamos tentado uma vez e não conseguido, ficou aquela dúvida. Nos últimos dias a gente estava bem longe de figurar entre os 20, quase perdi as esperanças, até que fizemos uma megaoperação que nos surpreendeu com a vontade da galera de ajudar a gente, ficamos muito felizes com isso.

Felipe - Nos mobilizamos tanto pra isso que quando passamos foi difícil de entender. Quando chegamos em Ribeirão fomos vivendo com o coração cada momento. Terminamos subindo naquele palco incrível e vivemos mais ainda, não dava pra imaginar que seria assim.

Pedro - Acho que tem muito da força de vontade de você querer alguma coisa, querer realmente, ter isso de verdade dentro de você. A gente não sabia se iria chegar, mas a gente estava com muita vontade, muita fé de que conseguiria, e isso ajuda muito. A gente foi mirando cada etapa, vivendo cada etapa, e não só pensando lá na frente.

   
(Banda Fuze na Final do Concurso de Bandas 2019)

Como foi participar de todas as etapas do concurso, da fase de votação até a grande final?

Diogo - Foi um clima muito legal entre as bandas, conhecemos muitos músicos talentosos e gente boa. As palestras foram muito construtivas, uma iniciativa do João Rock muito legal para levar mais informações e experiências de cada palestrante ao trabalho das bandas. Os shows do concurso foram animais, ficamos amarradões que todas as bandas, sem exceção, eram muito boas. O Goa foi um lugar com uma energia intensa, onde a plateia entrou muito no clima. E lá no Teatro de Arena, não tenho nem palavras pra descrever, lugar lindo demais, estrutura de palco impecável, som muito bom, foi divertido fazer um som lá.

Felipe - Aprendemos que podemos alcançar nossos objetivos e sonhos com verdade, dedicação e amor pelo que fazemos. Ganhamos muito em maturidade e experiência. Foi uma evolução.

Guilherme - Nós só crescemos, do ponto de vista de banda e, também, individualmente. Tocar nesses lugares, dividindo o palco com uma galera alto nível foi foda demais, agregou muito pra gente. Foi inesquecível!



(Show Palco João Rock)
 

Qual a importância de ter o João Rock no currículo da banda?

Felipe - Acho que representa uma vivência diferenciada. A gente acaba carregando um pouco da grandeza do festival na nossa caminhada. Podemos olhar pra gente e lembrar que, se já passamos por isso, podemos passar por mais.

Diogo - Essa oportunidade de participar de um festival dessa magnitude é uma experiência que nunca se esquece, e mostra a todos que a banda está preparada pra segurar qualquer barra, porque não é fácil, é uma responsabilidade grande, então agrega muito à experiência da banda.

Guilherme - É mais um passo adiante que demos, um evento gigante, com um line up também gigante e ainda poder abrir o palco principal, é uma satisfação imensa.

Pedro - Neste meio é importante você ter uma bagagem, se você tiver uma bagagem você é melhor visto no mercado, então chegar com o João Rock no currículo, acho que é importante, tanto pra gente como para o contratante, a galera do business. E ter isso na nossa história, a história de ter tocado naquele palco absurdo, isso é o mais importante de tudo.

 
(Banda Fuze na Final do Concurso de Bandas 2019)

O que mudou na carreira de vocês depois de participarem do festival?

Diogo - Até hoje a gente acha que não caiu a ficha direito, foi uma coisa tão fora da curva que fica difícil de acreditar. De 600 bandas a gente foi a primeira. Caramba! Tipo, nunca ganhei nada na minha vida, bingo, sorteio, nada. O João Rock foi um presente maravilhoso pra nós. A Fuze, depois desse festival, é uma banda com mais confiança, mais experiência e maturidade, e lógico que com mais fãs, que a gente tanto gosta!

Felipe - Sem dúvida, a vivência e a experiencia já nos tornam outra banda. Hoje pensamos diferente, compomos diferente, tocamos diferente, nossa arte já é diferente. Vamos ver o que o futuro reserva agora.

Pedro - Deu mais gás pra gente, a gente nunca desacreditou do nosso sonho, da nossa música, somos sempre muito focados, então este reconhecimento do João Rock só nos faz acreditar mais, nos dá mais ânimo pra continuar fazendo, continuar correndo.

Guilherme - Acredito no dia após o outro e evito formar opiniões precipitadas, mas de uma coisa eu tenho certeza: participar do João Rock foi surreaaaaaal!!!!

 

(Show Palco João Rock)

Você indicaria o Concurso de Bandas do João Rock para uma banda que está começando?

Pedro - O João Rock dá esta abertura pra novas bandas, isso é lindo de ver, um festival tão grande, com nomes da música que influenciam muita gente. Eles poderiam muito bem fazer o festival só com bandas e artistas que já são conhecidos, mas não, eles dão esta oportunidade para a cena nova do rock, porque a música está toda hora se renovando, toda hora se refazendo, então o João Rock dar oportunidade para bandas que estão iniciando, é muito importante.

Guilherme - Com certeza! Essa é uma porta que se abre todo o ano e todas as bandas que estão no início deveriam tentar entrar.

Pedro - A deve muito ao João Rock, por ter dado esta oportunidade pra gente, então, cara, se você tem um sonho, simplesmente foca, mira e corre até ele!

 

Conteúdo produzido pro Ângelo Davanço.

 

Comentários