15 de Junho de 2019
Ribeirão Preto - SP

Blog

Excursões Oficiais João Rock

Excursões Oficiais João Rock

Todos os anos, mais de 16 mil pessoas saem de suas cidades e se juntam ao público de Ribeirão Preto para um dia de muita música, paz e diversão. Mas antes, elas têm de encarar o busão para uma das 170 excursões oficiais do João Rock, que partem de 295 municípios em várias regiões do Brasil, especialmente do interior paulista e dos Estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná e Espírito Santo.

     

As primeiras excursões ocorreram já em 2003, um ano após a primeira edição do festival. André Pardal, que traz a galera de Monte Alto (76 km de Ribeirão) desde aquela época, conta como é ser um dos excursionistas mais antigos: “É gratificante ser um dos mais velhos e ver a evolução que o evento teve, tanto na parte musical como na estrutura oferecida para quem vem de fora. Já organizo as excursões para o João Rock há 17 anos e não quero parar”. Pardal diz que, apesar de muita gente de Monte Alto estudar e morar em Ribeirão, a procura é sempre significante. “Neste ano, com este lineup top do João Rock, já conseguimos fechar quatro ônibus”, comemora.


Excursionistas Oficiais na Convenção de Excursões 2019

Fazem parte da estrutura oferecida aos organizadores de excursões, citada por Pardal, a Convenção de Excursionistas Oficiais, que neste ano realizou sua quarta edição, em fevereiro, na Mansão Galo Bravo, para alinhamento de informações e troca de ideias, e a plataforma digital voltada exclusivamente aos excursionistas. “A evolução do programa de excursões é tremenda. Antes, a gente tinha contato apenas por e-mail, hoje são grupos no WhatsApp e contatos diretos com a organização do festival”, comenta Cinthia Souza, que desde 2008 promove excursões de Pontal (32 km de Ribeirão) para o João Rock.

Cinthia, também uma das mais antigas excursionistas do festival, relembra como tudo começou: “Eu vim ao João Rock pela primeira vez em 2007 e me apaixonei. No ano seguinte já comecei a organizar os rolês para trazer a galera de Pontal e Sertãozinho. E é gratificante fazer parte da história do festival, que cresceu demais, ganhou novas tribos, mas sem perder a essência do rock. A energia positiva que rola no João Rock é sensacional, me sinto em casa”, diz.

E aí? Ficou com vontade de se juntar a essa galera que vem de longe para curtir o João Rock? Então clique aqui e encontre o busão mais perto de você.

Conteúdo produzido por Angelo Davanço

 

Comentários