15 de Junho de 2019
Ribeirão Preto - SP

Blog

João Rock The Dog

João Rock The Dog

Uma das músicas mais conhecidas do rock de todos os tempos é Black Dog, do Led Zeppelin. Mas na edição 2019 do João Rock, um outro cachorro preto também entrou para a história, virou pet influencer (@joaorock_thedog), com mais de 20 mil seguidores no Instagram e mudou a vida de um casal paulistano. Com vocês, a história de João Rock The Dog.

Eram umas nove e meia da noite quando os publicitários Beatriz Isima, de 25 anos, e Breno Ferreira, 24, estavam indo para o show dos Paralamas do Sucesso no João Rock e avistaram um vulto escuro correndo no meio da multidão. Correram atrás e viram que era um cachorro assustado. Acolheram o animal e resolveram ajudar. “Fomos até um segurança ver o que podia ser feito, mas naquela altura do campeonato, não tinha muito o que fazer. Então, resolvemos abrir mão de todos os shows principais da noite para tentar achar o dono, um lar temporário ou até um abrigo pra ele. Nada deu certo. Ninguém sabia de alguém que poderia nos ajudar àquela hora. Saímos do festival, pedimos ajuda para a polícia, para moradores que estavam ali por perto e até alguns taxistas, e nada”, relembra Bia.


(João Rock The Dog e Breno no João Rock 2019) 

Sem ter muito o que fazer, mas decididos a ajudar o cachorro, foram até um hipermercado para comprar ração e uma coleira. Com viagem de volta para São Paulo marcada para as duas da manhã, foram para a rodoviária com o novo amigo. Mas levar o cão no ônibus era impossível naquelas condições, sem carteira de vacinação, sem casinha para transporte e sem uma passagem extra.

E quando tudo parecia levar para uma despedida ali na rodoviária, Breno, Bia e o cachorro, que já era chamado de João a esta altura, conheceram outro casal de São Paulo, o Guilherme e a Laila, que também vieram a Ribeirão Preto para curtir o João Rock. Eles embarcaram antes mas tiveram uma ideia, logo comunicada pelo celular: levar João escondido no ônibus em que estavam, que era mais espaçoso.

A partir daí começam cenas típicas dos melhores filmes de ação. A bordo de um táxi, Breno e Bia partiram para a mini rodoviária, último ponto de parada do ônibus de Guilherme e Laila antes da viagem para São Paulo. Chegaram antes, esconderam o cachorro em uma mochila e entregaram para o novo casal de amigos. “Ele não mexeu, não chorou, não latiu. Nada. Apenas entrou. E acreditou na gente. Chegamos em São Paulo e fomos pra casa. Ali a gente ganhou três amigos pra vida. E o João, uma nova família”, relembra Bia.

Chegando em São Paulo, Bia, Breno, João, Guilherme e Laila dormiram o sono dos justos, depois de tamanha aventura. No dia seguinte, consulta no veterinário, arrumação do espaço e lá estava o João Rock The Dog em sua nova casa. “Ele acorda cedo todos os dias, acorda eu e o Breno e já fica pronto, esperando a hora de passear. Ele é muito brincalhão e adora ficar junto da gente e de outras duas irmãs, também adotadas, que ficam na casa da minha mãe”, diz a publicitária.


(João Rock The Dog recebendo cuidados veterinários)

 

Pet influencer

“Criamos uma conta dele no Instagram e ele trabalha bastante pra ajudar outros amigos a conseguirem um lar. Usa as redes sociais para fortalecer a causa animal. É apoiador oficial da Ampara Animal. Ele tem a essência do João Rock: popular, rock’n roll, da galera, humildão e com uma energia incrível!”, garante Bia, que já faz planos para o próximo ano:  “Com certeza queremos levá-lo ao João Rock. Voltar onde tudo começou ao lado dele vai ser incrível. Mas em 2020, queremos curtir os shows, né?”, brinca.

 
(João Rock The Dog com a roupinha confeccionada com a logo do João Rock) 

E eles podem vir sossegados. Além de enviar artigos para cachorro como caminha, coleira, brinquedos, ração e uma roupinha personalizada, em parceria com a Zee Dog, a Cobasi e a My Boo, a produção do João Rock já convidou a Bia, o Breno e o João para o próximo festival, com direito a um hotelzinho para ele ficar brincando com outros cachorros enquanto o casal curte os shows.

 

Gostou da história? Ficou com vontade de adotar um cachorro, seja no meio de um rolê ou na rua? Então se liga nestes conselhos da Bia: “Tem que ter paciência e saber que animal de rua, principalmente, tem que ter muito cuidado e saber lidar. Não sabemos como ele virá da rua, quais serão as condições de saúde ou quais os traumas que ele carrega. Mas acho que o principal é, não tenham medo. Vale a pena ter essa companhia. Vale a pena o olhar de gratidão e todo o carinho que eles demonstram.  O jeito que o João demonstra isso pra gente, não tem explicação, é puro amor. É uma responsabilidade enorme, mas cada segundo ensinando, entendendo a história dele, é um aprendizado e uma amizade sincera pra vida toda”.

Conteúdo Produzido por Ângelo Davanço

Comentários