História


Já vi a Pitty virar Agridoce e o Charlie Brown se eternizar. Misturei o reggae neozelandês do Katchafire com o nacional do Natiruts. Ouvi Three Little Birds na voz de Badauí, Flausino, Alexandre Carlo e o Logan Bell.

Em um Mundo Livre S/A, vi uma Nação Zumbi inteira dançar Manguebeat e passei o último minuto do mundo com os caras do CPM22.

Ouvi Dinho Ouro Preto e Herbert Vianna gritarem: Que País é esse? E vi o D2 e o Planet Hemp perguntarem: a Culpa é de Quem?

Hey Joe, eu vi 30 mil pessoas cantarem por um país melhor e aprendi que a paz sem voz, não é paz. É medo.

Eu estava lá quando Skank apresentou Jackie Tequila e Raimundos cantou uma Mulher de Fases. Vi Suspenderem os Jardins da Babilônia e um Pensador botar geral pra dançar.


Eu estava lá quando a cena independente ganhou espaço no palco principal e a adrenalina tomou conta da arena de esportes radicais.

Quando a diversidade foi celebrada em 12 horas de festival e atingimos a marca de meio milhão de pessoas, reinventando a história do rock nacional no interior de São Paulo.

Desde 2002, eu apoio, respeito e fortaleço a cena do rock brasileiro, em um mundo de música, paz e diversão.

Muito prazer, eu sou o João Rock!


2017: A evolução não para!

2017

A evolução não para!

Em 2017, com transmissão ao vivo da 89FM - A Rádio Rock de São Paulo e via internet para todo o Brasil, 19 bandas subiram nos 4 mega palcos do João Rock e 55 mil pessoas acompanharam de perto esse dia histórico, batendo a marca de quase meio milhão de pessoas e 169 shows desde a sua criação, no 5o ano consecutivo de sold out. O festival também evoluiu no seu compromisso social, dando início ao projeto Rock das Mangueiras, em apoio a ONG Casa das Mangueiras, em Ribeirão Preto, promovendo a iniciação musical para jovens, além da arrecadação e doação de 22 toneladas de alimentos.

2016: 15 anos de João Rock!

2016

15 anos de João Rock!

Parece que foi ontem que as primeiras notas eram tocadas no primeiro João Rock e já estamos na décima quinta edição do festival. Ingressos esgotados para prestigiar lendas do rock nacional, como: Titãs, Paralamas do Sucesso e Legião Urbana, além de muitas outras atrações, arena de esportes radicais e uma festa única que celebrou os 15 anos do evento.

2015: A luta continua!

2015

A luta continua!

Evento completamente lotado mais uma vez para prestigiar lendas do rock nacional. Com direito a espaço para slackline, arena de esportes radicais e até um pedido de casamento no palco do João Rock, essa foi mais uma edição que entrou para a história.

2014: Cada vez maior!

2014

Cada vez maior!

Transmitido ao vivo pela terceira vez consecutiva no Multishow e pela primeira vez na 89 FM A Rádio Rock de São Paulo, 40 mil pessoas esgotaram os ingressos uma semana antes do evento e presenciaram a maior edição do João Rock até o momento, resultado de um trabalho intenso de análise e melhoria em todos os seus setores ano após ano.

2013: Ingressos esgotados!

2013

Ingressos esgotados!

Com transmissão do canal Multishow pelo segundo ano, o festival foi marcado pela homenagem ao cantor Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr e grande parceiro do João Rock. Foram mais de 8 horas de transmissão, com entrevistas, curiosidades e uma página exclusiva no site do Multishow.

2012: Ultrapassando barreiras!

2012

Ultrapassando barreiras!

O João Rock, ao lado de festivais como: Rock in Rio, SWU, Planeta Atlântica e Lollapalooza, passa a ser transmitido ao vivo pelo canal Multishow. O primeiro evento da cidade de Ribeirão Preto a atingir repercussão nacional, destacando o potencial sociocultural e econômico da cidade.

2011: João Rock 10 anos!

2011

João Rock 10 anos!

O tempo voa e nos vemos na décima edição do João Rock. Grandes nomes da música nacional e artistas internacionais convidados fizeram o público delirar na celebração de 10 anos do festival no Palco João Rock, Universitário e na Tenda Eletrônica.

2010: Um mundo de música, paz e diversão

2010

Um mundo de música, paz e diversão

Com o Parque Permanente de Exposições lotado mais uma vez, o dia já começava a amanhecer quando os últimos acordes do João Rock 2010 eram tocados no Palco João Rock, Palco Universitário e Tenda Eletrônica.

2009: O maior festival nacional realizado em um dia

2009

O maior festival nacional realizado em um dia

Mal chegamos à casa nova e já estamos à vontade. Com 11 atrações, tenda eletrônica, arena de esportes radicais e 28 mil pessoas, o João Rock conquista o título de maior festival do Brasil realizado em apenas um dia.

2008: De casa nova

2008

De casa nova

O João Rock muda de casa e vai para o Parque Permanente de Exposições, também em Ribeirão Preto. Com espaço de sobra para crescer, o festival incorpora atrações do cenário da música eletrônica e uma arena de esportes radicais. Assim, a diversidade começa a ganhar força no conceito e experiências oferecidas pelo João Rock. Os encontros continuam, desta vez Marcelo Nova e Chorão fizeram a alegria dos roqueiros, canais de TV como Multishow, MTV e todas as emissoras locais dão destaques para o evento.

2007: Consciente e “Carbon Free”

2007

Consciente e “Carbon Free”

Além das questões sociais, o festival passa a construir um conceito ambiental, se tornando o primeiro evento brasileiro de grande porte a neutralizar todo o impacto ambiental que causa. A parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica foi firmada e projetos para a minimizar os danos ambientais foram implantados.

2006: Um festival consciente

2006

Um festival consciente

Em 2006, o João Rock fez parte da comemoração dos 150 de Ribeirão Preto. Os trabalhos sociais do festival foram iniciados e os ingressos passaram a contar com um sistema de arrecadação de alimentos. A ONU passa a ser parceira do João Rock e a campanha “8 Jeitos de Mudar o Mundo – Nós Podemos” foi lançada.

2005: Reconhecimendo e grandeza

2005

Reconhecimendo e grandeza

Com ingressos esgotados dias antes do festival, o João Rock foi transmitido pela primeira vez através do Portal Terra e reconhecido por muitos artistas como uma importante plataforma de trabalho em suas carreiras.

2004: A concretização de um sonho

2004

A concretização de um sonho

Na sua 3a edição, o festival ganhou ainda mais destaque e visibilidade. Cada vez mais pessoas se interessavam pelo conceito e experiências vividas no João Rock.

2003: Mais atrações, mais gente!

2003

Mais atrações, mais gente!

Com mais pessoas e atrações, começaram a acontecer os primeiros encontros improvisados do rock, como Herbert Vianna e Dinho Ouro Preto cantando “Que País É Esse”. A campanha pela paz continuou com força total e o João Rock começou a introduzir um modelo inédito de shows no interior de São Paulo.

2002: O começo de tudo!

2002

O começo de tudo!

Iniciando uma atitude musical que traz atrações consagradas ao lado do que é novo, o rock nacional tomou conta do Estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto, o "start" de um movimento que se estenderia ao longo dos anos, agregando parceiros e ritmos ano após ano.
A “Campanha Pela Paz, vista-se de branco” foi iniciada e estava em todos os materiais de divulgação do festival.